Como criar um bom cardápio de confeitaria para atrair clientes?

Quando pensamos nos diferenciais que uma confeitaria deve ter, muita gente cita a decoração, os ingredientes e a qualidade dos produtos como critérios únicos.

Porém, para que o cliente tenha vontade de experimentar os seus produtos, é importante que os materiais de divulgação sejam bem planejados, não apenas ressaltando a qualidade dos seus produtos, mas apresentando gatilhos que façam o cliente sentir vontade de comer os seus bolos e demais produtos.

Nesse cenário, um cardápio se torna um item de primeira necessidade. Afinal, é nele que estarão organizados todos os produtos à venda em sua loja, e com o qual você poderá chamar a atenção do consumidor para itens que ele nem pensava em consumir naquele dia.

Vender o que o cliente quer comprar não é tarefa das mais difíceis, mas fazer com que ele leve o que não está pensando em comprar é a real arte da venda — e o cardápio é o primeiro passo para isso.

Pensando nisso, neste post, apresentaremos algumas dicas para que você aprimore o seu cardápio de confeitaria. Confira! 

Classifique os produtos por categoria

Para que o cardápio seja organizado e os clientes consigam achar o que procuram, é de suma importância separar os produtos de acordo com as categorias e subcategorias.

Na categoria bolos, por exemplo, você pode separar os produtos com cobertura total dos naked cakes. É possível criar divisões para bolos de pote, cupcakes, bebidas e demais itens. Quanto mais organizado for, melhor será para o cliente encontrar o que procura.

Capriche nas fotos

Existe uma crença popular de que a fome vem primeiro pelos olhos, afinal, uma comida bonita pode até abrir o apetite. Por isso, para estimular o cliente a comprar os seus produtos, capriche na escolha das imagens que estarão presentes no cardápio. 

Faça fotos em ângulos que favoreçam os aspectos que você quer destacar do produto, seja a cobertura, as camadas, a textura, a cremosidade etc. Não se esqueça de que a iluminação também é fundamental.

Por fim, é importante que a imagem corresponda àquilo que o cliente vai levar, pois será uma baita decepção ver um bolo lindo na foto e acabar levando um produto não tão bonito para casa.

Escreva boas descrições

Além da imagem, a descrição do produto deve ser simples e objetiva, ou seja, deve ser capaz de convencer o cliente a comprar. Ela é a legenda da imagem, e precisa ser bem pensada para atingir o objetivo final.

Você pode destacar os ingredientes principais da receita, para estimular o consumidor a querer experimentá-los. Também é possível citar as referências do produto em questão, ressaltando que é uma versão de um bolo criado por um confeiteiro renomado internacionalmente, por exemplo.

Esperamos que você aproveite nossas dicas para otimizar o seu cardápio de confeitaria. Como a primeira impressão é a que fica, pensar de forma detalhada nesse item é de suma importância para que a sua confeitaria possa superar a concorrência.

Não se esqueça de caprichar na escolha das cores do cardápio, sem exagerar nos tons, mas sempre combinando com aquelas presentes em sua logo. 

Gostou do post? Então, siga-nos nas redes sociais e receba em primeira mão as nossas novidades. Estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.