O que é turnover e como minimizar na empresa? Entenda mais aqui

Você sabe o que é turnover? No contexto empresarial, trata-se de um dos indicadores mais relevantes para entender a qualidade dos processos organizacionais e do negócio em geral. Ele se refere ao tempo de giro dos colaboradores em determinada função, o que permite avaliar se há uma grande disparidade entre o número de contratações e o de demissões.

A seguir, confira as maiores causas do turnover nas empresas, os efeitos negativos que ele provoca e como melhorar a gestão de pessoas para reduzir esse indicador.

Quais as principais causas do turnover?

As principais causas da alta rotatividade de funcionários na empresa são:

  • baixa expectativa de crescimento dentro da empresa;
  • clima organizacional ruim (ambiente tóxico);
  • cobrança excessiva por resultados;
  • contratação de profissional com perfil inadequado para a vaga;
  • excesso de demandas;
  • falta de reconhecimento;
  • incompatibilidade entre os valores pessoais e a cultura organizacional;
  • insatisfação com as atividades desempenhadas;
  • tratamento diferenciado dentro da equipe.

Quais os impactos do turnover na empresa?

Seja qual for o motivo por trás da rotatividade elevada, há efeitos diretos na empresa. Você pode ter uma grande dor de cabeça quando demite um funcionário sem justa causa, por exemplo. Considerando os encargos trabalhistas, seu caixa sofrerá um forte impacto se essa situação for frequente.

O clima organizacional é outro fator que pode ser afetado. Diante de uma série de demissões sem justa causa, os colaboradores que permanecem na empresa tendem a se sentir inseguros. Afinal, fica a sensação de que eles podem ser desligados a qualquer momento também.

Já a demissão por justa causa costuma ser mais tranquila, mas isso não significa que não haja impactos negativos. Um funcionário demitido por cometer assédio sexual no trabalho, por exemplo, pode abalar o clima da empresa. Nesses casos, a atuação do RH é fundamental para resgatar a harmonia do ambiente.

Outro impacto do alto turnover está ligado aos custos com treinamento e desenvolvimento de novos colaboradores. O profissional que chega precisa entrar no ritmo do negócio e entregar os resultados esperados. Além disso, é necessário adotar estratégias para reter esse talento, fazendo valer o investimento da empresa.

Como calcular o turnover da sua empresa?

O cálculo da taxa de turnover pode variar conforme a necessidade da empresa. Porém, no geral, ele é simples. Para começar, some o número de admissões com o de demissões de um período preestabelecido e divida por dois. Faça uma nova divisão pelo total de funcionários e, por fim, multiplique por 100. Veja:

  • Média de admissões e demissões = (Número de admissões + Número de demissões) / 2
  • Turnover = (Média de admissões e demissões / Total de funcionários) × 100

Digamos que sua empresa contratou 5 funcionários e demitiu 7 em um semestre, obtendo 6 como média. Se você contava com 30 colaboradores no começo do período de análise, o turnover ficou em 20%. No caso, ligue o sinal de alerta, pois o ideal é que a taxa se mantenha entre 5% e 10%.

O que fazer para reduzir esse indicador?

Agora que você entende o que é turnover, as causas, os impactos e a forma correta de calcular esse indicador, conheça boas práticas para minimizar a rotatividade de funcionários.

Crie um bom plano de carreira

Um plano de carreira ajuda o colaborador a visualizar suas possibilidades de evolução na empresa e como chegar lá. Esse documento deve ser claro e objetivo, para não alimentar falsas expectativas. Além disso, é interessante atrelá-lo a uma política de gestão de desempenho, baseando-se na meritocracia e na igualdade de direitos e de oportunidades.

Invista em treinamentos para os funcionários

Promover treinamentos para os funcionários é uma forma de mostrar que a empresa investe tempo, dinheiro e esforços no desenvolvimento de habilidades técnicas e comportamentais das suas equipes. Assim, o colaborador se sente valorizado e tem mais motivação para trabalhar. Essa satisfação anda de mãos dadas com a produtividade.

Aplique a cultura de feedbacks

Uma cultura de feedbacks deixa os colaboradores cientes de seus pontos positivos e negativos. Essa prática faz com que eles busquem o aprimoramento constante, bem como demostra consideração e respeito por parte da empresa. Lembrando que essa é uma via de mão dupla, ou seja, também é essencial escutar as demandas de cada funcionário.

Conseguiu entender o que é turnover, como fazer o cálculo e quais as boas práticas para minimizar esse indicador? Comece a planejar as ações para valorizar sua equipe e tornar o ambiente mais saudável e estimulante. Profissionais motivados são mais produtivos e ficam mais tempo na empresa, o que tem impacto direto nos resultados e no caixa.

Se você quer continuar aprendendo sobre gestão de pessoas, confira nosso artigo que explica melhor a importância de investir em treinamento de equipe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.